Ricardo Amorim

Desde 1992, Ricardo tem presença destacada na indústria financeira mundial, como economista e gestor de investimentos, e desde 2003, é um dos apresentadores do Manhattan Connection, o programa mais longevo da TV a cabo brasileira.

Um dos primeiros a prever, ainda em 2007, a atual crise financeira global, Ricardo agora prevê um gradual descolamento de China, Índia e Brasil da crise econômica de EUA, Europa e Japão e considera que estes países serão os líderes do crescimento global. Além disso, o economista relata que as oportunidades na próxima década, no Brasil, serão excepcionais. Para aproveitá-las, Ricardo retornou ao Brasil em 2008, após 8 anos em Nova York. Inicialmente, assumiu a posição de C.E.O. da Concórdia Asset Management, administrando R$ 4,5 bilhões em investimentos de clientes.

Recentemente, optou por dedicar-se exclusivamente a projetos de consultoria econômica e palestras para grandes clientes no Brasil e no exterior.

Em Nova York, foi Diretor Executivo para Mercados Emergentes (América Latina, Ásia, Leste Europeu, Oriente Médio e África) de um dos maiores bancos da Alemanha, o WestLB, Diretor de Estratégia de Investimentos para a América Latina da IDEAglobal, uma das maiores consultorias de investimento do mundo e Estrategista Sênior para Mercados Emergentes do maior banco francês, o BNP Paribas. Em São Paulo, atuou no BankBoston, Itaú Bankers Trust Asset Management, Banco Fenícia, e na consultoria econômica MCM e lecionou no curso de pós-graduação em Gestão de Riscos da Universidade São Marcos. Atuou ainda na Divisão de Mercados Emergentes do Banco Société Générale em Paris.

Economista formado pela Universidade de São Paulo e pós-graduado em Administração e Finanças Internacionais pela E.S.S.E.C. (École Supérieure des Sciences Economiques et Commerciales) de Paris com bolsa de estudos da CCINT (Comissão de Cooperação Internacional), é também membro do Business Affairs Committee, o mais prestigiado comitê da Câmara Americana de Comércio de São Pulo. Além de ter morado em Nova York e Paris, seu interesse por outras culturas, levou-o a mais de 60 países.

Ricardo é freqüentemente entrevistado pelas principais redes de televisão, jornais e revistas do mundo, incluindo Rede Globo, CNN, BBC, GloboNews, BandNews, Bloomberg, Reuters, CNBC, GNT, Wall Street Journal, Financial Times, Business Week, Newsweek, New York Times, Time, USA Today, Washington Post, Dow Jones, Veja, Época, Exame, IstoĖ, Carta Capital, O Estado de São Paulo, Folha de São Paulo, O Globo, Jornal do Brasil, Correio Brasiliense, Valor Econômico, Gazeta Mercantil, Institutional Investor, LatinFinance, Investnews, Clarín (Argentina), Reforma (México), Diario Financiero (Chile), El Tiempo (Colômbia), Reforma (Peru), AFR (Austrália), Asahi Shimbun (Japão), CBC (Canadá), etc…

Palestras

– Crise nos EUA: quais as conseqüências para a economia brasileira e os seus negócios?;
– Planos econômicos de Barack Obama: o que muda para os EUA, o Brasil e o mundo;
– Estados Unidos x Brasil: o que faz a diferença; China x Brasil: o que faz a diferença;
– Globalização e cenário econômico mundial: riscos e oportunidades para empresas brasileiras;
– Brasil: a mina de ouro dos estrangeiros;
– China: redesenhando o mapa mundi para as indústrias de alimentos, petróleo, imóveis, bens de consumo, mineradora e financeira;
– O século dos BRICS: Brasil, Rússia, ĺndia e China: semelhanças e diferenças

Principais Temas

  • Comércio Exterior
  • Globalização
  • Gestão Estratégica
  • Novos Paradigmas
  • Tendências de Mercado
  • Comunicação
  • Mestre de Cerimônias / Mestre Sem Cerimônia
  • Apresentador
  • Mediador
  • Gerenciamento de Riscos
  • Economia
  • Quebra de Paradigmas
  • Cenarios
  • Finanças
  • Finanças Pessoais
  • Inteligência Financeira
  • Perspectivas
  • Sustentabilidade
TOP