Renan Dal Zotto

Brasileiro, gaúcho de São Leopoldo, defendeu a seleção brasileira de voleibol por 13 anos. Neste período participou de várias competições entre elas três Olimpíadas, três Mundiais e três Pan-americanos.

Criador do saque Viagem ao fundo do mar, participou efetivamente da popularização do voleibol no país com a chamada Geração de Prata que conquistou as medalhas de prata no mundial da Argentina em 82 e nas olimpíadas de Los Angeles em 84.

Com uma técnica apurada foi bi-campeão nos Mundialitos de 82 e 83, ganhou medalhas de ouro, prata e bronze nos Pan-Americanos de 89, 93 e 97. Entre outros títulos individuais, foi eleito melhor defesa do mundo em 81, melhor atacante e melhor jogador do mundo em 85, eleito pelo COB melhor atleta do ano de 1985, além do título de jogador de vôlei do século XX do Brasil em 2001.

Fez história no voleibol mundial atuando em clubes, onde destaca-se sua participação no Maxicono de Parma, na Itália, onde foi bi-campeão italiano em 90 e 92, campeão mundial de clubes, 5 vezes campeão europeu entre outros títulos conquistados (total de 11).

Após encerrar sua carreira nas quadras, estreou como técnico em 93 no Palmeiras/Parmalat, foi para o Chapecó em 95 e treinou o Olympikus de 97 a 99. Nesta primeira fase enquanto técnico, foi bi-campeão sul-americano, campeão da Copa CBV, da Copa Brasil, duas vezes vice-campeão da Superliga Masculina, entre outros.

Em 1999 iniciou uma nova carreira na gestão de projeto de esportes, através da universidade do sul de Santa Catarina- UNISUL e conquistou vários títulos, entre eles: campeão da Superliga Nacional na temporada 2003/2004, duas vezes vice-campeão.

Paralelamente foi comentarista da Rede Globo em diversos campeonatos internacionais de voleibol.

Em janeiro de 2003, qualificou-se como Diretor Nacional de Cursos do Programa de Administração Esportiva do Comitê Olímpico Internacional.

Em 2005 iniciou um projeto com o Grupo Cimed que em seus 6 anos de duração, se tornou um grande case do esporte brasileiro. Conquistou quarto títulos de Campeão da Superliga, um vice-campeonato e o Campeonato Sulamericano, entre outros. Neste período, Renan atuou como gestor do projeto e por 2 temporadas como técnico também.

Em sua segunda passagem pela Itália, dirigiu o time da Sisley, da cidade de Treviso, onde foi campeão da Supercoppa Européia.

Foi diretor de marketing do Grupo Cimed indústria de medicamentos por um ano. No futebol, foi consultor Figueirense Futebol Clube em 2010 e em 2011 assumiu a diretoria de marketing e operações desportivas do clube, onde atuou até novembro de 2012.

Atualmente, faz a gestão do time de futebol do Guarani de Palhoça/SC com foco em formação de atletas e desenvolvimento de negócios, a gestão do time de voleibol de Florianópolis e ministra palestras no Brasil e no exterior.

Palestras

Ninguém é Campeão por Acaso

Com uma carreira brilhante no esporte como atleta, técnico e dirigente, em seus mais de 35 anos de experiência no mundo esportivo, Renan Dal Zotto passa um pouco de seu aprendizado dentro das quadras para ambientes como a sua empresa, universidade, clube ou instituição. Isso porque, tanto no esporte como na vida empresarial, os ambientes mantêm muitas semelhanças.

É preciso estratégia, disciplina, mentalidade vencedora, motivação e, fundamentalmente, espírito de equipe para se atingir os objetivos.

A palestra tem a duração de 60 minutos repletos de emoção e realização.

Principais Temas

  • Trabalho em Equipe
  • Motivação
  • Estratégia
  • Liderança
  • Planejamento
  • Esportes
  • Superação
TOP