Eduardo Giannetti da Fonseca

É graduado em Economia (1978) e em Ciências Sociais (1980) pela USP e PhD em Economia pela Universidade de Cambridge, Inglaterra.

Lecionou na Universidade de Cambridge (1984-87), onde permanece como professor convidado. Foi professor na FEA/USP (1988-2000), tendo sido eleito pelos alunos, melhor professor da Faculdade de Economia.

Foi também professor do INSPER Instituto de Ensino e Pesquisa (ex Ibmec) em São Paulo. Foi eleito “Economista do Ano em 2004” pela Ordem dos Economistas de São Paulo.

Tomando como ponto de partida a filosofia econômica, o professor Giannetti vem fazendo contribuições importantes ao pensamento econômico brasileiro. Seus livros repercutem muito além dos círculos acadêmicos ou simplesmente econômicos. O livro, Vícios Privados, Benefícios Públicos (Companhia das Letras, 1993), ganhou o Prêmio Jabuti em 1993, na categoria Ensaio. O Auto-Engano (Companhia das Letras, 1998), também premiado, consagrou Giannetti não apenas como um economista destacado, mas também um importante pensador.  Além desses, publicou Beliefs in action (Cambridge University Press, 1991); Felicidade (Companhia das Letras, 2002),  O mercado das Crenças ( Companhia das Letras, 2003), O Valor do Amanhã (Companhia das Letras 2005), O Livro das Citações – Um breviário de idéias replicantes (Companhia da Letras, 2008) e diversos outros livros e artigos, nacionais e internacionais.

 

 

Palestras

Em suas exposições, aborda além do macro cenário econômico, temas como ética e as conseqüências sociais das transformações econômicas.

  • CRISE MUNDIAL : QUAL SUA VERDADEIRA DIMENSÃO?
  • PERSPECTIVAS DA ECONOMIA BRASILEIRA.
  • UMA ANÁLISE DA ATUAL CONJUNTURA ECONÔMICA BRASILEIRA E DAS PERSPECTIVAS PÓS-ELEITORAIS DO PAÍS.
  • QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS ENTRAVES AO CRESCIMENTO SUSTENTADO E COMO SUPERÁ-LO.
  • A ETICA NA PROFISSÃO

A vida profissional implica uma série de escolhas. Desde a hora da escolha da carreira, questões éticas de apresentam. Estamos no campo da ética pessoal, onde dúvidas sobre seguir a satisfação pessoal ou a promessa de retorno financeiro se apresentam. Mais tarde, no exercício profissional, o tempo todo o indivíduo é confrontado com dilemas éticos. Podemos dividir a ética sob dois prismas: a ética cívica são as normas sociais com as quais o indivíduo tem que lidar; a ética pessoal trata das motivações interiores. Viver implica harmonizar essas duas forças.

  • LETRAS E CIFRÕES – PERSPECTIVAS DA ECONOMIA BRASILEIRA E O MERCADO EDITORIAL
    Uma análise da situação macroecônomica do Brasil e das perspectivas pós-eleitorais do país, com ênfase na questão do crescimento econômico e no desafio da formação de capital humano e seu possível impacto na demanda por livros.
  • O LIVROS DAS CITAÇÕES – UM BREVIÁRIO DE IDÉIAS REPLICANTES
    Fruto de um trabalho de pesquisa de mais de três décadas, este novo livro do autor de Auto-engano e O Valor do Amanhã traça, valendo-se exclusivamente de frases dos próprios pensadores, filósofos e escritores, um vivo panorama intelectual dos últimos 2500 anos. O livro das citações está estruturado em quatro grandes temas: o uso da linguagem; a busca do saber; a conduta individual e a ética cívica. (Cia das Letras – 2008)
  • O VALOR DO AMANHÃ
    O autor dos best-sellers Auto-Engano e Felicidade analisa os juros não só na esfera financeira, mas como um fenômeno maior, presente no metabolismo dos seres vivos, no planejamento da vida cotidiana e até em questões de foro íntimo. (Cia das Letras – 2005)
  • FELICIDADE
    O que torna as pessoas felizes? Estudos recentes mostram que nem sempre há uma relação direta entre o bem-estar objetivo (renda, consumo, moradia etc.) e o bem-estar subjetivo (grau de satisfação com a vida). A partir de um certo nível de renda, não há evidência de que acréscimos de renda se traduzam em ganhos de bem-estar subjetivo. Resolvidas certas demandas materiais básicas, as questões relevantes para a felicidade estão mais ligadas ao uso do tempo, realização profissional, relações afetivas e sentido ético e existencial.” (Cia das Letras 2002). (Na palestra, o prof. Giannetti usa principalmente o texto da introdução do segundo diálogo, chamado “Indicadores objetivos e subjetivos de bem-estar”.)
  • FILOSOFIA ECONÔMICA

O que é, seu campo de atuação, sua importância para a atualidade, e suas principais abordagens. A idéia é propiciar um despertamento do “sono dogmático” da hegemonia da Teoria Econômica neoliberal e utilitarista que hoje é ensinada nas universidades e colocadas em prática pelos formuladores de políticas e pelos formadores de opinião. O que antes era “Economia Política” transformou-se em simples “Economia”, como sintoma do desprezo pelas preocupações de cunho humanísticos, sociais e éticos.

Principais Temas

  • Ética
  • Economia
  • Perspectivas
  • Tnedências de Consumo
  • Felicidade e Bem estar
Eduardo-Giannetti-da-Fonseca-Palestrarte
TOP