Daiana Garbin

É jornalista e escritora. Trabalhou por 8 anos como repórter de televisão na Rede Globo de Televisão. Em abril de 2016, pediu demissão para criar o “EuVejo”. Site e canal na internet sobre o sofrimento imenso e silencioso que as mulheres escondem de todo mundo: a relação de vergonha do corpo e descontrole com a comida. Relação que gera uma sensação de fracasso e insuficiência em todos os aspectos da vida.

Daiana passou 22 anos em guerra com o próprio corpo e com a alimentação. Sentia-se inadequada e fracassada. Tinha vergonha de si mesma e de seu descontrole diante da comida. Passou por três cirurgias plásticas e ficou viciada em remédios para emagrecer, sempre acreditando que um corpo cada vez mais magro lhe traria segurança, paz e felicidade. Só depois de anos de sofrimento, descobriu que a relação doentia com o corpo não era vaidade, neImagem relacionadam frescura: era doença. Diagnosticada com transtorno alimentar, Daiana decidiu compartilhar sua história para ajudar as pessoas que sofrem em silêncio. Escreveu o livro “Fazendo as pazes com o corpo” e tem ajudado milhares de pessoas a enxergar que enquanto não houver consciência de que você pode ser vítima de sua própria sensação de fracasso, inadequação e culpa, você vai continuar perdendo inúmeras oportunidades em sua vida. E, principalmente, que o valor de uma mulher NÃO está na aparência.

 

Palestras

  • FAZENDO AS PAZES COM VOCÊ!

A partir de sua história, pesquisa e entrevistas com os mais renomados especialistas em saúde mental, Daiana busca levar as mulheres à reflexão de quanto sua carreira, seus negócios, seus projetos estão estagnados por conta do medo, culpa, inadequação, diante de alguns complexos adquiridos ao longo da vida.

A palestra de Daiana Garbin apresenta para as mulheres um novo pensar sobre SUCESSO, FRACASSO E VERGONHA. Sobre como a busca obsessiva pela perfeição na vida profissional e pessoal NÃO ajuda no crescimento e desempenho profissional, NÃO melhora resultados, NÃO contribui para uma vida pessoal satisfatória, pelo contrário: a busca pela perfeição cria uma sensação permanente de fracasso, incapacidade e inadequação na mulher.

E o que isso tem a ver com o mundo corporativo? Absolutamente tudo!

Esses medos e frustrações nos impedem de deslanchar. Lembra-se daquela ideia incrível que você não apresentou por achar que não era capaz? Então, outra pessoa agiu e conseguiu ser promovida. Lembra-se de quando entrou no banheiro e soluçou de chorar porque se sentiu rejeitada por um colega de sua equipe?

Lembra-se de quanto trabalho não produziu por não se considerar competente o suficiente?

A mulher vive, sem perceber, aprisionada na vergonha de não ser suficiente:

  • não ser boa o suficiente; inteligente o suficiente; não ser bem-sucedida o suficiente; segura o suficiente; magra o suficiente; bonita o suficiente.

O objetivo da palestra é ajudar a mulher a lidar com o autojulgamento e o julgamento de suas competências. A tática de deixar uma mulher insegura em relação à sua aparência e à sua capacidade intelectual é muito poderosa e uma ferramenta de controle MUITO eficaz. Uma mulher emocionalmente insegura se torna frágil, isolada, fácil de manipular e de garantir que, mesmo humilhada e maltratada, vai permanecer na situação porque não consegue reagir e seguir em frente. Ela fica com a autoestima tão destruída que tem medo de falar, de enfrentar, de questionar. Quando uma mulher aprende, e realmente acredita, que é ela é muito mais que do o corpo e a aparência, que ela É CAPAZ, ela passa a comandar a própria vida e começa a conquistar tudo que deixou de buscar por não se sentir adequada.

Também ajuda a mulher a aceitar as próprias vulnerabilidades: A mulher precisa tirar a vida do piloto automático de pensar todos os dias que é inadequada, incapaz, inferior, insuficiente.

Autorejeição e autodepreciação não levam a lugar nenhum.

No dia em que a mulher aprender a se perdoar pelas coisas que ela se julga e aprender a se aceitar, de coração aberto, a transformação terá início.

E VOCÊ: QUER SER ESPECTADORA, COADJUVANTE OU PROTAGONISTA?

Principais Temas

      • Superação
      • Sucesso
      • Motivação
      • Busca dos sonhos
      • Determinação
      • Foco
      • Protagonismo
TOP