Cristiane Correa

cris correa

Cristiane Correa é jornalista e palestrante, especializada em negócios e gestão.

É autora do livro Sonho Grande, que narra a trajetória dos empresários Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira, donos da ABInbev, Lojas Americanas, Burger King e Kraft Heinz. Lançado em abril de 2013, a obra imediatamente entrou para a lista de best sellers de não ficção no Brasil – com mais de 300.000 exemplares já vendidos no país. A obra foi lançada também nos Estados Unidos, China e Coréia.

Em julho de 2015, Cristiane publicou seu segundo livro: Abilio, que narra a trajetória de Abilio Diniz, o empresário brasileiro mais importante do varejo global.

Formada em Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, tem especialização em Publishing pela Universidade Yale.

Antes de se dedicar à carreira de escritora, Cristiane trabalhou por 12 anos na revista Exame.

Em 2013 foi eleita pela revista Época como uma das personalidades mais influentes do Brasil.

 

 

Palestras

Suas palestras se apoiam no livro Sonho Grande, mas não se restringem a ele. A produção do livro Sonho Grande e a longa experiência como jornalista de negócios lhe credenciam a falar sobre:

  • SONHO GRANDE: COMO CRESCER EM MEIO À CRISE? AS LIÇÕES DE JORGE PAULO LEMANN, MARCEL TELLES E BETO SICUPIRA

Nos mais de 40 anos de sociedade de Lemann, Telles e Sicupira, o trio já enfrentou vários momentos de crise – tanto externa quanto em seus próprios empreendimentos. Como os mais bem-sucedidos empresários brasileiros lidam com as incertezas e conseguem manter o crescimento de suas empresas mesmo em momentos adversos? Uma das explicaçõesSONHO GRANDE está na obsessão permanente por controle de custos. FAZER MAIS COM MENOS é um mantra nas companhias controladas pelo trio.

 

  • SONHO GRANDE: O QUE HOMENS E MULHERES DE NEGÓCIOS PODEM APRENDER COM JORGE PAULO LEMANN E SEUS SÓCIOS 

EMPREENDEDORISMO

Pesquisas recentes mostram que empreender é o maior sonho do brasileiro, superando sonhos como comprar a casa própria ou ascender na carreira (dentro de uma empresa). Lemann, Telles e Sicupira são os empreendedores brasileiros que mais longe chegaram. Conquistaram não apenas o mercado brasileiro, mas também o global. Hoje são donos de empresas como AB Inbev, Lojas Americanas, Burger King e Heinz. Como construíram esse fabuloso império que os colocou entre os 10 homens mais ricos do Brasil (Lemann é o primeiro colocado)?

Cristiane conta essa trajetória em detalhes, com seus acertos e erros, e mostra como a experiência dos três pode ser aproveitada também por outras empresas.

A própria trajetória de Cristiane é um exemplo de empreendedorismo: abriu mão de um excelente emprego numa grande editora (e de um bom salário, bônus, carro da empresa etc) para se arriscar em uma nova empreitada aos 40 anos.

 

CULTURA
Nas empresas em que o trio de empresários investe executivos não contam com as típicas mordomias das grandes corporações. Eles não têm escritórios individuais, carros oferecidos pela empresa nem restaurantes diferentes dos demais funcionários. É uma cultura de simplicidade e busca obsessiva por resultados. Para os melhores, o topo; para quem não se adapta, rua. Estima-se que o trio tenha produzido entre 200 e 300 milionários ao longo dos 40 anos de sociedade (cada um deles com um patrimônio superior a 10 milhões de dólares).

Praticamente todos se tornaram sócios do trio em alguma das empresas. É uma cultura baseada em dividir para crescer. Cristiane faz um contraponto interessante com outras empresas brasileiras que conheceu ao longo da carreira, e que ainda hoje pregam a formalidade e a hierarquia rígida.

 

LIDERANÇA
Nos últimos anos a ideia de gente que faz carreira em uma única empresa parece ter caído em desuso. Boa parte dos executivos (e da chamada geração Y) procura ampliar sua experiência trocando de emprego com alguma frequência. Um levantamento recente da Booz Allen mostra que o tempo de permanência médio de um CEO numa empresa brasileira é de 2,5 anos. Será que essa rotatividade é produtiva para a carreira dos funcionários? Para as empresas?

Nas companhias do trio de empresários brasileiros a regra é outra: seus principais executivos têm décadas de casa. Todos têm participação acionária nas companhias. Sentem-se (e são, de fato) donos delas. A diferença, como diz Carlos Brito, CEO da AB Inbev, é a mesma entre dirigir um carro próprio e um alugado: de qual deles você cuida melhor?

                  livro abilio

  • ABILIO: O QUE APRENDER COM UM DOS MAIORES EMPRESÁRIOS DA HISTÓRIA DO BRASIL

Abilio Diniz transformou o Pão de Açúcar, uma pequena doceria fundada por seu pai, na maior empresa de varejo do Brasil. Hoje, com quase 80 anos de idade e depois de deixar a empresa que construiu, ele se transformou em um dos maiores acionistas do Carrefour no Brasil e no mundo. Enfrentou diversas situações de crise: sequestro, disputas familiares, quase falência do Pão de Açúcar nos anos 90 e, mais recente, uma briga feroz com seu sócio, Casino.  Resiliente, ambicioso, polêmico, Abilio é um personagem fascinantes, que traz diversas lições de gestão e empreendedorismo.

Essa palestra mostra as principais características e lições de empreendedorismo adotadas pelo Guru do Varejo.

 

  • SONHO GRANDE E ABILIOLIÇÕES DO TOPO

O que aprender com 4 dos mais bem-sucedidos empresários brasileiros – Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles, Beto Sicupira e Abilio Diniz? Essa palestra traz ensinamentos do trio que controla empresas como AB InBev, Kraft Heinz e Lojas Americanas, além dos do empresário que ergueu o Pão de Açúcar. O que eles têm em comum? Quais suas diferenças? E, principalmente, como a trajetória desses empreendedores pode ajudar você a administrar seu próprio negócio.

Principais Temas

  • Liderança
  • Empreendedorismo
  • Cultura Organizacional
  • Gestão Empresarial
  • Meritocracia
  • Gestão de Negócios
  • Inovação
  • Gestão de oportunidades
  • Gerenciamento de crises

 

 

TOP